Imagem

O teste do desenho da figura humana

O teste do desenho da figura humana constitui uma das técnicas projetivas mais conhecidas e utilizadas na avaliação da personalidade . Entre suas principais vantagens estão a simplicidade e a velocidade da aplicação. Além disso, a ambiguidade intrínseca desse instrumento facilita que o indivíduo possa se expressar sem as resistências que geralmente surgem de outros tipos de técnicas mais objetivas.

É um elemento avaliativo que fornece informações muito completas e interessantes sobre a personalidade do indivíduo. No entanto, sua interpretação ainda está sujeita a uma certa subjetividade, portanto, é importante que o avaliador tenha conhecimento e experiência.

Um teste projetivo gráfico
A maior característica dessa técnica é que é um teste projetivo. Esses tipos de instrumentos consistem em um material mal estruturado. Assim, ao administrá-lo, geralmente é pedido à pessoa que o interprete.

No caso em questão, falamos sobre um teste projetivo gráfico . Ou seja, somente a pessoa recebe um estímulo e é solicitada a se expressar a esse respeito, desenhando. Ele refletirá (projetado) os aspectos mais relevantes de sua personalidade e possíveis áreas problemáticas.

A pessoa, por não saber quais aspectos estão sendo avaliados e os critérios a serem seguidos, reduz significativamente as barreiras mentais que entram em jogo quando trabalhamos com técnicas mais estruturadas ou com um material mais definido .

Aplicação do teste de desenho da figura humana
A administração deste teste é rápida e fácil. É oferecido ao indivíduo uma folha em branco e um lápis e é solicitado que desenhe uma pessoa .

A intervenção deve ser mínima e, portanto, as instruções dadas devem ser o mais concretas possível. Enquanto o desenho está sendo realizado, o examinador escreve em uma folha separada os comentários e reações que o sujeito tem. Essas observações complementarão a interpretação.

Quando o sujeito termina, ele é convidado a desenhar outra pessoa, desta vez do sexo oposto . Quando os desenhos terminam, existe a opção de concluir o teste com um questionário sobre as pessoas sorteadas.

Para fazer isso, o indivíduo é solicitado a contar uma história sobre cada um deles, na qual ele narra aspectos como: quantos anos têm, ocupação, situação familiar, gostos e preferências, etc.

Interpretação
Para fazer uma interpretação correta desse teste, é necessário prestar atenção a cada parte e aspecto do desenho e colocá-lo em relação às informações fornecidas por todo o conjunto. No entanto, alguns dos elementos a serem considerados na interpretação são:

  • Sombreamento e apagamento : são expressões de ansiedade, insatisfação e perfeccionismo, também constituem uma descarga agressiva. O local do desenho no qual eles se concentram pode indicar um conflito com essa parte do corpo ou com sua função.
  • Se a figura for grande, será um reflexo da exaltação do ego e uma desvalorização do meio ambiente. Pelo contrário, se for menor que o normal, estará projetando uma personalidade submissa com o desejo de passar despercebida.
  • A localização do desenho na parte superior da folha reflete insegurança e tendência à fantasia, enquanto na parte inferior está relacionada à depressão e ao pessimismo. No lado direito, mostra negativismo e resistência à autoridade e, à esquerda, introversão e inibição.
  • Se o primeiro desenho corresponde ao sexo do artista, ele reflete uma boa identificação com o sexo dele.
  • Cada parte do corpo simboliza a função com a qual ele está relacionado (ouvidos: escute); portanto, uma anomalia no desenho de algum elemento deve nos levar a buscar conflitos na área relacionada. (Por exemplo: orelhas excessivamente marcadas podem estar indicando sensibilidade excessiva a críticas).

O teste do desenho da figura humana é uma técnica simples de usar para a pessoa avaliada que fornece informações muito completas, em muitos casos laterais e complementares ao que poderíamos obter com outros tipos de técnicas.

Tem sido utilizado com sucesso na avaliação da personalidade, na detecção de conflitos e até como indicador da efetividade do tratamento . No entanto, na prática clínica, é conveniente complementar os resultados com outros instrumentos de avaliação mais objetivos.

Fonte: lamenteesmaravillosa.com

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Natthalia Paccola. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *