Imagem

Como renasci de um acidente na rodovia Bandeirantes

“Já faz alguns anos o dia das mães se tornou algo muito emblemático pra mim.

Há 7 anos atrás, eu estava comemorando o dia das mães em São Paulo, visitando minha mãe, apenas eu e meus dois filhos (Arthur de 1,5 anos e Isa, 5 anos), primeiro dia das mães após minha separação, e voltando pra Indaiatuba de noite eu sofri um acidente de carro e capotei 4 vezes na Bandeirantes, indo parar do outro lado da estrada.

As crianças estavam no carro e pela mão de Deus sofreram arranhões apenas. Eu? Quebrei muitos ossos, e onde não estava roxa, estava quebrada. Hoje, olhando em retrospecto, eu vejo tudo o que aconteceu como o fim de uma era e o início, forçado, de um período de descanso, e compreensão do que eu estava buscando construir.

É inevitável para mim não ter nesta época um tempo de reflexão. Saber que nestes 7 anos que já se passaram me reinventei como mãe, profissional, mulher, e esposa. Até meu pé e cotovelo foram aprimorados com fios de titânio! 😉

E também nessa época meu melhor amigo, Rafael Navarro Cintra, o “crush”, voltou dos Estados Unidos para ficar ao meu lado, cuidar de mim… e cuidou tão bem que nunca mais saiu de casa, do meu lado, e hoje faz parte da vida das crianças, e se tornou meu marido…

Não vou dizer que foi um período fácil. Não foi. Foi o período mais difícil da minha vida, onde tive que superar realmente restrições físicas, e passar por cima das dores para ficar sem sequelas, fossem elas físicas ou psicológicas. E consegui, na maior parte. Dirigir cansada naquela Bandeirantes essa época do ano é um pouquinho mais estressante 🤔🤔

Mas passar por isso me fez entender que realmente as piores situações trazem coisas boas. E que muitas vezes acabamos dando valor e poder demais a coisas erradas em nossa vida… vale a reflexão.

Para mim, nessa época, sempre vale. Feliz 7 anos do meu renascimento, um diazinho atrasado, admito! 🙏👏👊” (Larissa Rosochansky)

*Você tem uma história de superação? Mande-nos com imagens e seu depoimento para: fasdapsicanalise@hotmail.com

* Os conteúdos e imagens dessa matéria foram aprovados e cedidos exclusivamente aos sites Fãs da Psicanálise e Nathalia Paccola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *