Imagem

A felicidade não tem preço. Tem nome!

Muitas vezes as pessoas acreditam que a felicidade está diretamente relacionada aos relacionamentos, objetivos e falhas que fazem parte de sua vida.

Dessa maneira, os indivíduos condicionam seu próprio senso de felicidade à presença ou ausência de outras pessoas ou ao número de seus fracassos e realizações.

Essa concepção equivocada leva as pessoas a experimentarem grandes dificuldades quando não se sentem felizes com a vida que levam. Porque apesar de terem grandes expectativas, sentem que precisam de objetos externos (coisas e pessoas) para se sentirem realizados na vida que levam.

Essa filosofia leva à busca incansável da felicidade seja através do sucesso profissional, pessoal ou sentimental. No entanto, esse comportamento resulta em um estado de exaustão mental, física em emocional.

Porque o número de relacionamentos, estudos e realizações não é necessariamente um sinal de uma vida feliz. Perceba como existem indivíduos na vida que, apesar de possuírem grandes quantidades de bens materiais e dinheiro, não sabem o que é felicidade.

A felicidade está ao alcance de todos

Isso ocorre porque a quantidade de propriedades, a quantidade de dinheiro ou o número de amigos ao seu lado nem sempre representam uma vida feliz e completa. Uma vez que é um sentimento diretamente relacionado ao seu modo de agir, pensar e na sua filosofia de vida.

Uma pessoa com atitudes egoístas, gananciosas e invejosas tende a autossabotar o seu desenvolvimento pessoal, profissional e emocional. Ao considerar que o sucesso e a felicidade estão ao alcance dos outros, mas não perto de si, mesmo que tenham as mesmas oportunidades.

Isso leva a um comportamento que se concentra na busca irreal pela felicidade, ou seja, como um fato que é alcançado automaticamente ao se atingir certos requisitos ou metas. Um pensamento oposto à realidade.

Como a felicidade não é medida pelos estudos realizados, pelas amizades feitas ou pelo dinheiro ganho, uma pessoa pode ficar feliz consigo mesma, mesmo que tenha um lar e um emprego humildes e um pequeno círculo de amigos.

É um sentimento que qualquer pessoa com atitude, pensamento e comportamento corretos pode experimentar. Não há demandas, condições ou imposições relacionadas à felicidade. Uma vez que varia entre cada indivíduo, de acordo com seus pensamentos, sentimentos e formas de ver a vida.

Especialmente porque está dentro de você, é por isso que, em vez de se concentrar em bens materiais, dinheiro ou amigos, você deve começar a se sentir feliz consigo mesmo, com suas decisões, opiniões, relacionamentos e sentimentos. Somente dessa maneira você poderá se aproximar da felicidade, sendo capaz de amar e se aceitar como indivíduo, com atributos, quedas, conquistas e sonhos.

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

(Imagem: Andrea Piacquadio)

(Fonte: https://www.nuncamelohubieraimaginado.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *