Imagem

8 sinais de alerta de doença mental em adolescentes

A adolescência é uma época de grande agitação física e emocional. Imersos em hormônios flutuantes, os adolescentes lutam para entender as mudanças em suas mentes e corpos enquanto procuram seu lugar na comunidade em geral.

É uma família rara que não vive sem o drama de portas batidas, retiradas bruscas e mudanças de humor. Mas para uma porcentagem desses adolescentes, muitos comportamentos “típicos” dos adolescentes podem realmente apontar para sinais de lutas em saúde mental.

Confira estes 8 sinais de alerta de que seu adolescente pode estar sofrendo mais do que apenas adolescência.

Mudanças nos padrões de sono

Por causa das muitas mudanças físicas pelas quais os adolescentes estão passando, eles precisam de mais sono do que os adultos. Além disso, por causa de suas responsabilidades crescentes no ensino médio, eles tendem a ser privados de sono. Dormir ao meio-dia nos fins de semana ou passar metade dos dias de férias na cama não é, por si só, um comportamento incomum para os adolescentes.

Mas você pode ter motivos de preocupação nessas situações:

Se seus padrões normais de sono mudarem drasticamente
Se parece que eles estão dormindo o tempo todo
Se eles usam a fadiga como desculpa para evitar situações sociais ou ir à escola
Se seus níveis de energia caírem sem motivo físico discernível

Alterações nos padrões alimentares

Alterações nos padrões alimentares a ponto de ganho ou perda excessiva de peso podem ser um sinal de que seu adolescente está enfrentando um distúrbio alimentar. Além das mudanças repentinas de peso, fique atento aos seguintes sinais:

Exercício obsessivo
Evidências de vômitos frequentes, principalmente após as refeições
Menstruação irregular
Tonturas, desmaios, fadiga

Isolamento social

É natural que os adolescentes se retirem da vida familiar, pois buscam mais independência e autonomia. Mas se um adolescente se afasta da família e dos amigos e mostra resistência a participar de qualquer reunião social, incluindo a escola, ele ou ela pode estar lidando com um problema maior.

Um deslize no desempenho acadêmico

As bandeiras vermelhas voam sempre que uma criança mostra uma queda repentina no desempenho acadêmico. Se as investigações sobre a situação da sala de aula não revelarem uma razão orgânica, como bullying, colocação acadêmica inadequada ou uma deficiência de aprendizado subjacente não diagnosticada anteriormente, considere outras fontes. O adolescente pode estar tendo dificuldades em se concentrar devido à ansiedade, depressão ou outra dificuldade de saúde mental.

Doenças físicas frequentes e difusas

A conexão mente-corpo é forte. A ansiedade, entre outros distúrbios, pode causar sintomas físicos muito reais. A ansiedade por um teste ou projeto próximo é natural, e aprender a lidar com crises ocasionais de estresse é uma importante lição de vida. No entanto, considere procurar ajuda profissional se ele sofre de um dos seguintes sintomas em nível crônico:

Dores de cabeça
Náusea ou dor de estômago
Dores nas costas, rigidez nos ombros ou outras dores musculares

Melancolia

Quando um avô ou um animal de estimação morre, a tristeza é natural e pode durar um longo período de tempo, retornando e recuando à medida que o processo de luto continua. Mas se seu filho parece cronicamente triste sem um gatilho óbvio, chora excessivamente ou a dor parece estar se aprofundando em vez de diminuir e fluir, esses sintomas podem ser avisos como um problema de saúde mental mais sério.

Mudanças repentinas na higiene pessoal

Seu adolescente, que ainda não conhece a química do corpo, pode precisar de um empurrão ou dois para começar a tomar banho regularmente e usar desodorante. Mas se de repente ele parar de tomar banho, de trocar de roupa ou se tornar obsessivo com a limpeza excessiva, pode haver um problema além do comportamento normal dos adolescentes.

Abuso de substâncias

O abuso de substâncias é um problema em si, mas também é frequentemente um sinal de uma doença de saúde mental subjacente. Não é incomum que adultos e adolescentes com problemas de saúde mental não diagnosticados procurem dormência ou escape através do álcool ou outras drogas ilegais. Fique de olho se ele está sempre em busca de emoções ou comportamentos extremo. Nesses casos, é vital enxergar além do vício para tratar os problemas mais profundos também.

Se o seu adolescente apresentar alguma combinação dos sintomas acima, não hesite em contatar um profissional de saúde mental. A intervenção precoce pode significar toda a diferença para obter do seu filho a ajuda de que ele precisa.

Fonte: comprehendthemind.com

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Natthalia Paccola. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Imagem: Alexis Brown

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *