Imagem

Autoestima e necessidade de reconhecimento

Já ouviram falar em aumentar a autoestima de alguém? Eu ouço muito tal expressão. Mas aumentar autoestima de alguém até chegar em que nível? Na verdade o que precisamos é ter uma autoestima estável.

A autoestima baixa se caracteriza por determinados comportamentos de espera do indivíduo. A pessoa que tem a autoestima baixa precisa ser reconhecida e motivada para que fique satisfeita e estabilize sua auto-estima. Ela espera receber algo de alguém o tempo todo para ficar bem. O dia em que ela não é reconhecida , sua autoestima volta a baixar.

Do lado oposto, temos aqueles que tem a autoestima elevada. Aqueles que se acham o máximo! E parece que o mundo contribui ainda mais para que eles se sintam em pleno estado de superioridade em tudo. Vivem recebendo elogios. Mas esta autoestima alta tem o mesmo problema da autoestima baixa: o indivíduo fica acostumado a se sentir o máximo e a receber elogios. O dia em que ele comete um erro e leva “uma simples chamada” do chefe, seu mundo cai. Segue-se ao mundo caído uma série de reclamações sobre chefes e colegas, uma série de desculpas e uma série de culpados pelos seus erros. O mundo, neste momento se torna injusto e ele, coitado, se sente a verdadeira vítima . Sua autoestima de alta, vai a baixa em um segundo.

Na verdade, o ideal mesmo é mantermos nossa autoestima estável. Podemos receber um elogio e ficarmos felizes com ele, mas é fundamental que mantenhamos nossos pés no chão, nossa humildade ( aquela verdadeira tá?). Nossa autoestima pode ficar alta por um momento, o que não pode é você ficar cronicamente neste estado, porque aí meu amigo, você abre um canal enorme para a frustração entrar, acompanhada da sua amiga, a depressão.

E dizem que a depressão será a doença deste século e será a responsável pela maioria dos afastamentos da empresa. Por que será?

Autor: Sonia Pedreira de Cerqueira

Compartilhar

3 thoughts on “Autoestima e necessidade de reconhecimento

  1. marcelo says:

    nao concordo. tenho auto estima super alta.
    e nada a faz baixar…não é uma crítica ou falta de elogio que faz ela se tornar baixa. Na verdade eu to pouco me lixando pra opinião dos outros, porque eu sei que sou o máximo. Isso é auto estima alta, nao o que você descreveu.

    • Helen says:

      Não concordo, você é sem noção, isso sim. Ninguém é o máximo porque todos somos imperfeitos. Baixe a bola, rapaz, você com certeza é aquele tipico chato com quem ninguem gosta de conviver. Se toca!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *