Imagem

Saber amar

Há algum tempo reluto em escrever. O volume constante de atendimentos, a dedicação extremada ao Fãs da Psicanálise e uma certa inocência ao tratar de novos temas como os artigos e os testes – que intitulo como uma diversão mas que dizem muito sobre o que somos e pensamos – realmente tomou todo meu tempo e disposição.

Sobretudo os testes, quanto “bafafá” ao redor deles, quantas pessoas insatisfeitas com o resultado, que me depredaram em mensagens secretas ou expostas. Paciência, é preciso muita. Saber lidar com o próximo requer cuidado e compaixão.

Quando alcançamos uma autoestima estável é possível o desenvolvimento da empatia, da negociação com o outro e compreendemos o outro através da tolerânca, pela resignação ao desagradável.

Você acha difícil? Não, não é difícil. Posso afirmar que é um processo trabalhoso, assim como o é transformar uma pedra bruta em diamante. Mas após um intenso trabalho, brilha magnífico seu esplendor.

Quando estamos com autoestima estável esperamos menos dos outros, nos mantemos equilibrados frente ao agradável ou desagradável e mais: buscamos a felicidade dentro de nós e não em pessoas ou objetos.

É claro que no momento em que algo nos ofender, chatear, sentiremos tristeza, constrangimento, mas tentaremos entender os motivos e agindo na solução desse conflito, perlaborando e negociando conosco e com o outro, começamos a aprender a amenizar o sofrimento, até que ele se torna um relance de dor, que passa.

Não podemos gostar de quem nos maltrata, bate, ofende, grita, machuca; mas através da compreensão por quem nos fere, tratamos de ajudá-lo a ser uma pessoa melhor ou nos afastamos para que ao buscar a superação de seus problemas aprenda a conviver em harmonia. No estado de autoestima estável, compreendemos quem nos fere e não ficamos magoados, culpados ou com raiva com tamanha facilidade.

Reflita: quando passar por uma situação de adversidade insuportável, busque a compreensão primeiro dentro de você, questionando como a sua autoestima reage diante do sofrimento que lhe aflige. Não culpe o outro, nem tente corrigir a atitude do outro com base nas suas idealizações, nesse instante você está desiquilibrada (o) emocionalmente.

Se você ama alguém de uma maneira egocêntrica, você exige que a pessoa atenda padrões idealizados, dizendo que apenas ama se a pessoa atingir o que for do seu interesse, você ama mal. Busca receber, é rigoroso com as imperfeições alheias, demonstrando a falta de fraternidade e compaixão.

Mas, com a autoestima estável, você estará tão seguro de si que não necessita do reconhecimento alheio para estar feliz; você ficará vigilante em suas atitudes, valorizando, reconhecendo e agradecendo o que se recebe do outro, entendendo que ele lhe ofereceu aquilo que podia no momento.

No meu caderno de anotações guardei uma pequena reflexão que um dia foi passada em aula por um querido professor:

“O reflexo da lua não pode ser visto claramente em águas agitadas, mas quando a superfície está estável, aparece um reflexo perfeito de sua luz. O mesmo acontece com a mente  humana: quando a autoestima está estável, se vê claramente refletida a face enluarada do indivíduo”.

Autor: Natthalia Paccola

Compartilhar

25 thoughts on “Saber amar

  1. Jackeline Oliveira says:

    Olha fiquei até surpresa quando você falou de pessoas insatisfeitas com os resultados dos testes…
    Os resultados são muito condizentes com a realidade, eu fico impressionada até…
    Provavelmente as pessoas insatisfeitas devem estar respondendo da forma que gostariam de ser ou pensar, e não como efetivamente o fazem.
    Eu espero que esses contratempos não a desestimulem, seria uma perda pros leitores e acredite, somos muitos!!!!
    Nem sei se no meio de tanta coisa pra fazer você vai chegar a ver a minha mensagem!
    Só tenho a agradecer, seus textos são muito esclarecedores pra quem realmente está sem uma venda nos olhos…

  2. Simone says:

    Sempre posto teu material no Facebook. Marco amigas alunas do curso Magistério e minha amiga que cursou psicologia.
    Admiro, respeito, adoro teu trabalho. Algumas pessoas simplesmente não conseguem lidar bem com o sucesso do outro. Vença isso meu amor! Precisamos de você! Abraço!

  3. josiane says:

    Nathalia, td seu esforço para se melhorar como indivíduo e o amor q transmite aos outros seres em evolução através deste blog é Único!!!
    Amo seus estudos….sempre me identifico com tds e procuro analisar o q posso mudar para ser um ser mais consciente….Tens me ajudado mt!!! Obrigada!!!!
    Tenho feito algo ultimamente, não sei se estou certa, mas cansei de pessoas vítimas, negativas…..decidi q quero pra minha vida somente situaços q agreguem algo positivo, tirei MUITO pessoas do meu convívio, qd algo negativo tenta se aproximar, corto a situação antes q se expanda a energia densa…..isso não é ser egoísta, isso é se amar…..e vc me ajudou neste processo!!!!
    Namaste.

    • Nathalia Paccola Nathalia Paccola says:

      Oi Josiene, temos um infinito dentro de nós. Sempre é preciso oferecer nosso amor ao próximo e ajudar até onde for possível. Entretanto, algumas vezes, nossa bondade reside na sabedoria de deixar a pessoa evoluir no tempo dela.
      Um abraço carinhoso e obrigada pela visita ao site.

  4. Kelly says:

    Nathalia, gosto muito dos seus textos. Nos fazem compreender melhor nossos sentimentos e emoções. Quanto aos resultados dos testes, acredito e, vc deve saber disso, que essas pessoas que questionam devem ter idealizado a si mesmos e por isso tem dificuldade de aceitar o contrário. Acho normal, afinal temos de aprender a lidar com o inesperado, diferente, inusitado. Obrigada por dedicar seu tempo em nos ajudar a nos conhecermos melhor.

  5. Mara gomes says:

    Gosto muito de tudo que você escreve.E os testes faço todos e sempre fico satisfeita com os resultados. Agora se alguém não gosta o problema certamente está nessa pessoa.
    Admiro seu trabalho e torço pra que Deus te dê cada dia mais sabedoria.

  6. ANA BEATRIZ says:

    Amei o texto, faço terapia e é isso que venho buscando, é sempre bom ler algo que nos acrescenta e da ate uma nova luz para essa caminhada do auto reconhecimento e da construção de uma boa auto estima.

  7. deise lima says:

    Natalia vc é maravilhosa,sensivel,quantas vezes seus post me ajudaram a esclarecer e entender tantas coisas,nao só a mim acredito q muitas pessoas e em relação aos testes a frase da lua já diz tudo,fica em paz! !!!!

  8. Bruna Batista says:

    Sou sua Fã Nathalia, saiba que as suas postagens e seus testes são essênciais para mim todos os dias. Visito a página todos os dias! Minha segunda terapia, é sua página. Parabéns!

  9. Sofia says:

    Natália, gostaria de agradecer pela sua página e pelos testes! São maravilhosos e eu adoro! Não deixo passar nenhum! Rs Amei mais esse seu texto. No meu árduo caminho em busca do aperfeiçoamento da minha auto estima depois de quebrar a cara e ainda apresentar sequelas na alma, seus textos vêm como um bálsamo que me dizem assim: “ei, é por aí mesmo, siga em frente, está indo muito bem”. Muito obrigada. ♡

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *