Imagem

Carta de uma mãe com Alzheimer para a sua filha

“Querida filha,

Ouve com atenção o que tenho para te dizer. O dia em que esta doença se apoderar totalmente de mim e eu não for mais a mesma, tem paciência e compreende-me. Quando eu derrubar comida sobre a minha roupa e me esquecer como calçar os meus sapatos, não percas a tua paciência.

Lembra-te das horas que passei a ensinar-te essas mesmas cois…as.
Se ao conversar contigo repito as mesmas palavras e tu já sabes o final da historia, não me interrompas e ouve-me. Quando eras pequena tive que te contar mil vezes a mesma historia para que dormisses.
Quando fizer as minhas necessidades em mim, não sintas vergonha nem fiques brava, pois não me posso controlar. Pensa em quantas vezes, quando eras uma menina, te limpei e te ajudei quando tu também não te podias controlar.
Não te sintas triste ao ver-me assim. É possível que eu já não entenda as tuas palavras, mas sempre entenderei os teus abraços, os teus carinhos e os teus beijos.
Desejo-te o melhor para a tua vida com todo o meu coração, tua mãe!”

Fonte desconhecida
Compartilhar

One thought on “Carta de uma mãe com Alzheimer para a sua filha

  1. Minha mae passou por isso! Eu me descuidei dela por um momento e ela caiu e fraturou o femur com 87 anos. Nao resistiu a operacao e faleceu. Mas, isso nao foi nada, se comparado com a minha propria agressividade com meu irmao que sofre com Asperger.
    “Eu impedi que ele pudesse estar com ela nos ultimos dias de sua vida”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *